Tatuapé/SP recebe seu 19º Campeonato Aberto Beneficente de Artes Marciais

No dia 14 de dezembro, domingo, a cidade de São Paulo especificamente o Bairro do Tatuapé, irá receber a edição de número 19 do Campeonato Aberto Beneficente de Artes Marciais, que conta com o apoio da Prefeitura de São Paulo, Esportes Lazer e Recreação de São Paulo.

19 campeonatoO local do evento é no CERET – Parque Esportivo do Trabalhador (na Quadra Poliesportiva) na Rua Canuto Abreu, s/n, Tatuapé – São Paulo.

Os atletas podem se inscrever para participar do evento através dos sites www.skigawk.com.br e www.fpsckf.com.br.

ENTRADA FRANCA: Colabore com 1 kg de alimento não perecível.

As modalidades presentes serão:

CMMA – MUAY THAI – BOXE CHINES – SHUAI JIAO – KUNG FU O 19º Campeonato Aberto terá inicio às 9hs e contará com aproximadamente 300 atletas de várias cidades, divididos nas modalidades citadas acima. O Evento contará com a presença de atletas à partir de 5 anos de idade.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta nossa página no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

Do Jiu-Jitsu ao MMA, conheça a história de vida do gaúcho Arisson Dubal

O gaúcho Arisson Dubal, como todo lutador, teve uma infância difícil, onde o lutador peso leve, era conhecido por ser um “guri” brigão, e casca grossa desde então.  Segundo ele hoje em dia ele não é mais “brigão”, e sim um cara sério, que busca aprender a cada dia. Arisson começou a treinar Jiu-Jitsu, na qual teve um início difícil, onde Arisson falava para seu irmão Jorge Santos, que não “queria ficar agarrado em homem”, porém depois de 1 mês de treino, Arisson foi para Santa Cruz fazer sua 1ª luta de Jiu-Jitsu. Fazendo um resumo da luta, Arisson estava quase sendo finalizado, mas depois segundo ele, deu um bate-estaa no seu adversário, que acabou desmaiando segundo o lutador. Depois disso o amor pelas artes marcias aumentou e não conseguiu mais sair dela, Arisson foi ficando cada vez melhor na arte suave e começou a disputar muitos torneios.

Arisson Dubal

Arisson Dubal

Depois de anos, Arisson tem um ótimo currículo pela arte suave: 6 vezes campeão gaúcho, 3º lugar no mundial, campeão caxias combate, campeão Garopaba, copa internacional, campeão sul brasileiro, campeão sul americano. Depois 2 vezes campeão submission. Depois de tantos títulos na arte suave, Arisson conheceu o Muay-thai, que segundo ele mesmo, “se apaixonou” e acabou deixando de lado um pouco o Jiu-Jitsu.

      Após praticar bastante muay thai, o gaúcho acabou fazendo sua primeira luta de MMA, e apesar da derrota, já chamou atenção de muitos treinadores, e entre eles Sergio Pimentel, que hoje em dia é seu grande mestre, que o faz melhorar a cada dia mais. Hoje em dia, Dubal luta pela Team Nogueira, que é conhecida por ter grandes lutadores, e Arisson não é diferente, e os frutos já estão sendo colhidos, pois o gaúcho vai estrear fora do Brasil, e pode ser a chance dele se tornar conhecido mundialmente, assim como seu ídolo no esporte, Vitor Belfort. A estréia de Arisson será no próximo sábado, 29, pela segunda edição do evento espanhol AFL (Ansgar Fighting League), que acontece na cidade de Madrid. Seu adversário será o catalão Marc Gomez. Dubal precisa de uma estréia, pra apagar sua última luta, na qual foi derrotado por finalização. Seu cartel atual é de 6-2.

 

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

                                                                                       Escrito por Douglas Barcellos

XFC International 8 terá Fernando Vieira contra Tyson Nam na luta principal

Doze diferentes nações estarão representadas no XFCi 8, que acontece no dia 13 de dezembro, no Clube Concórdia, em Campinas. A cidade do interior de São Paulo receberá pela primeira vez o evento. Na luta principal da noite, o campeão mundial de jiu-jitsu Fernando Vieira enfrenta Tyson Nam, atleta norte-americano, em superluta peso-pena (até 66,2kg), enquanto no co-evento a argentina Silvana “La Malvada” Juarez, campeã do primeiro torneio feminino peso-mosca (até 56,7kg), volta ao hexágono como contratada do XFC contra a sueca Linn Wennergen. 

10644569_10152547059439779_8729725157519453505_n

(Foto: XFC / Divulgação)

O XFCi 8 será especial para as mulheres da categoria peso-mosca, que vai conhecer suas finalistas da segunda temporada do GP. Ainda no card principal, Poliana Botelho, do Rio de Janeiro, e a catarinense Taila Santos disputam uma vaga na decisão contra a vencedora da disputa entre Debora Ferreira, natural de Caxias do Sul (RS), e Silvaneide Marretinha, de Mossoró (RN), que se enfrentam no card preliminar.

Fernandinho Vieira fará sua segunda luta na organização. No MMA profissional, o manauara soma dez vitórias, sendo seis por finalização e seis consecutivas, uma delas na edição inaugural do XFCi, em fevereiro deste ano. O rival, Tyson Nam, é um nome conhecido no MMA mundial e fará sua estreia pela organização. Nascido em Portland, nos Estados Unidos, carrega cartel de 12 vitórias e sete derrotas e nunca foi finalizado, fato que deixa o embate com o especialista na arte suave ainda mais aguardado. Agora, ambos buscam uma posição melhor na linha de postulantes ao cinturão mundial da divisão, que será defendido por Deivison Dragon, atual campeão, contra o também brasileiro Júnior Assunção, em 2015.

Destaques dos torneios da primeira temporada em ação

Na co-luta principal da noite, a campeã do GP peso-mosca feminino na primeira temporada, Silvana “La Malvada” Juarez, protagonizará contra a sueca Linn Wennergren a superluta da categoria. A argentina defende a invencibilidade no MMA de quatro vitórias em quatro lutas, sendo duas na organização. Ela venceu três confrontos por finalização e um por nocaute técnico. Já Wennergren soma duas vitórias e apenas uma derrota na carreira.

Em sua quarta participação no hexágono, Gláucio Eliziário, atleta da Nova União, encara o inglês Jay Furness pelos pesos-leves, em busca de sua quinta vitória em seis lutas. O carioca, apelidado de Salvamar, tem 27 anos e, na organização, soma duas vitórias e um revés, para Natan Schulte, na final do GP da categoria da primeira temporada, por decisão unânime dos jurados.

O rival é estreante na franquia e fará sua 14ª luta profissional. Na carreira, o inglês soma dez triunfos e apenas três derrotas, sendo uma delas para o brasileiro Freddy Assunção, irmão do desafiante ao cinturão mundial dos penas, Júnior Assunção.

XFC International 8

Data: Sábado, 13 de dezembro de 2014
Local: Clube Concórdia
Endereço: Rodovia Heitor Penteado Km 6, Campinas (SP)
Horário: 21h (de Brasília)
Transmissão: Ao Vivo na RedeTV! a partir de 0h30 de sábado para domingo

Card Principal (Ao vivo na RedeTV! a partir de 00h30 (sábado para domingo))
Até 66,2kg: Tyson Nam (EUA) x Fernando Vieira – Superluta.
Até 56,7kg: Silvana “La Malvada” Juarez (ARG) x Linn Wennergren (SUE) – Superluta.
Até 70,7kg: Jay Furness (ING) x Gláucio Eliziário – Superluta .
Até 56,7kg: Taila Santos x Poliana Botelho – GP peso-mosca feminino.

Card Preliminar (Transmissão na semana seguinte)
Até 66,2kg: Pedro Falcão x Michael Stevens (EUA) – GP peso-pena masculino.
Até 66,2kg: Giovanni Arroyo (EQU) x Ranfi Rivas (VEN) – GP peso-pena masculino.
Até 66,2kg: Guilherme Faria x Carlos Torres (MEX) – GP peso-pena masculino.
Até 70,7kg: Ramazan Kurbanismailov (RUS) x Alan dos Santos – GP peso-leve masculino.
Até 66,2kg: Paata Robakidze (GEO) x Missael Silva – GP peso-pena masculino.
Até 70,7kg: Michel Silva x Fernando dos Santos – GP peso-leve masculino.
Até 56,7kg: Débora Ferreira x Silvaneide Marretinha – GP peso-mosca feminino.
Até 70,7kg: Rubenilton Pereira x Wilson dos Santos – GP peso-leve masculino.
Até 70,7kg: Mohamed Hassan Badawy (EGI) x Alex Franco – GP peso-leve masculino.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

Sem título

Leandro Lo finaliza Gilbert Durinho e faz a festa na Copa Pódio

A noite deste sábado, dia 22 de novembro, foi de muito jiu-jitsu no Ginásio do Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Em mais uma grande edição da Copa Pódio, Leandro Lo e Felipe Preguiça passaram a ter motivos de sobra para fazer da data algo inesquecível. Na Super Luta do evento, Lo finalizou Gilbert Durinho e soltou o grito preso na garganta após três derrotas para o hoje atleta do UFC. Já Preguiça superou seis oponentes e, em final eletrizante, conquistou o bicampeonato do GP dos Médios da organização.

240398_457811_img_8318

Leandro Lo comemorou a vitória que estava engasgada sobre Durinho (Foto: Erik Engelhart)

Cercado por expectativas do meio da arte suave, Leandro Lo e Durinho subiram no tatame na luta mais aguardada da noite. O primeiro, em ritmo acelerado, parecia querer decidir logo o desafio. Durinho, por sua vez, estava mais centrado, mas também não demonstrava interesse em um combate longo. Após estudo nas posições, o pupilo de Vitor Belfort atacou o braço de Lo quando o relógio marcava 12 minutos de luta, completando com um leglock. O paulista escapou da investida após muita força, e a ação foi aplaudida pelo público.

Minutos depois, aos 19, por cima, Lo encaixou a pegada na gola do quimono de Durinho e de lá não soltou mais. Ao tentar se levantar, o niteroiense não conseguiu escapar do ataque e Lo apertou no estrangulamento para comemorar muito o aguardado triunfo. Foi a quarta vez que eles se enfrentaram, a primeira vez que Leandro Lo deixou o tatame vitorioso.

“Esperei por essa comemoração por muito tempo, desde a primeira vez que perdi para ele – em 2011. Me preparei muito para vencer, estou muito feliz com o resultado. Saio daqui hoje com a sensação de dever cumprido”, comemorou Lo.

Preguiça confirma favoritismo e fatura o bi

Provando que sua atual fase é realmente incrível, Felipe Preguiça mais uma vez deixou para trás seis adversários e subiu no alto do pódio pelo segundo ano seguido no GP dos Médios. Na fase inicial do torneio, o mineiro anotou 26 pontos em suas vitórias, além de uma bela finalização. Assim, ele passou para as semifinais classificado em primeiro lugar do grupo amarelo, acompanhado por Gregor Gracie, que terminou em segundo.

No outro lado da chave, no grupo verde, Luiz Panza e Cláudio Calasans foram os melhores e colidiram com Gregor e Preguiça, respectivamente. Panza, em pouco mais de dois minutos, finalizou o representante da família Gracie com uma chave de pé e se garantiu na grande final. Para também chegar à cobiçada decisão, Preguiça anotou 7 a 2 sobre Calasans.

No embate que definiu o campeão, emoção do início ao fim. Panza começou em vantagem após uma raspagem, pulando na frente em 2 a 0 no placar. Porém, no último minuto, o paulista foi penalizado por falta de combatividade, e seria esse o fator decisivo para o desfecho do GP. Faltando 10 segundos para o fim, Preguiça se levantou e empatou a contagem de pontos e vantagens. Com isso, a punição de Panza deu o bicampeonato a Felipe Preguiça.

“O GP da Copa Pódio é uma das competições mais difíceis de se ganhar no mundo, pois são seis lutas em um curto espaço de tempo e todas elas são como finais. Essa decisão contra o Panza, que é um cara que eu gosto muito e duríssimo, serviu para coroar toda a minha campanha. Foi dificílimo, mas estou muito feliz por conquistar duas vezes o torneio”, enfatizou o agora bicampeão.

Na disputa pelo terceiro lugar no GP dos Médios da Copa Pódio de Jiu-Jitsu, Cláudio Calasans enfrentaria Gregor Gracie, mas a luta não aconteceu. Com dores na cervical desde a última rodada da primeira fase do torneio, Gregor optou por não entrar em ação e Calasans foi agraciado com o terceiro lugar na competição.

Copa Pódio de Jiu-Jitsu – GP dos Médios

Luta especial
Leandro Lo finalizou Gilbert Durinho com um estrangulamento aos 20 minutos e 34 segundos de luta

Desafio Sem Kimono
João Miyao e Gianni Grippo empataram após uma hora de luta

GP dos Médios
Campeão: Felipe Preguiça
Vice-campeão: Luiz Panza
Terceiro lugar: Cláudio Calasans
Quarto lugar: Gregor Gracie

Desafio Brasil x Estados Unidos
Tim Spriggs finalizou Lucas Hulk com um estrangulamento aos 5 minutos e 13 segundos de luta

Luta Preliminar
Lucas Valle venceu Rafael Mansur por 3 pontos a 2

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

Junior Abedi se prepara forte para lutas em dezembro e janeiro

Abedi, muito conhecido no MMA nacional, agora treina na Cidade de Cascavel / PR, sob a supervisão do professor Julio Cezar Raizel, um dos líderes da PRVT. O atleta junto a seu mestre, Gilliard Parana decidiu ir ao interior do Paraná, para que pudesse se concentrar mais em seus treinos, também pesou a ida antecipada para a cidade de seu amigo.

(Foto: Divulgação / Jungle Fight)

(Foto: Divulgação / Jungle Fight)

Parceiro de treinos, Cylderlan “Porco Loco” Silva, outro casca-grossa da PRVT, que também reside em Cascavel hoje, e como todos os lutadores profissionais, seu objetivo é lutar em um grande evento mundial. O lutador iria fazer a luta principal do WOCS 39 que aconteceu no último sábado, mas a luta teve que ser cancelada.  

Abedi vem na busca pela quarta vitória consecutiva na carreira, e ele já continua sua preparação para a próxima luta, no dia 15 de dezembro, também no Rio de Janeiro, no Arena Fatality. Já em janeiro deve retornar ao Jungle Fight, onde já teve o cinturão e é o atleta que mais lutas fez pelo evento, em conversa com Abedi Junior, o lutador falou sobre o seu jogo:

“Tenho minha base no Grappling, mas eu entro no octógono pra ganhar, seja em pé, ou no chão, e missão dada é missão cumprida, não corro de luta. Vou lutar várias vezes seguidas porque me sinto bem, espero não me machucar e cumprir meu objetivo que é fazer estas três próximas lutas e ganhar todas elas”.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

Em noite de lutas rápidas, Oton Jasse finaliza Caçapa no Wocs 39

Em noite com apenas um combate decidido nas papeletas dos juízes e seis lutas terminadas no primeiro round, Oton Jasse (TFT) finalizou Raphael Caçapa (PRVT), no evento principal do Wocs 39 e conquistou sua nona vitória na carreira. O Complexo Esportivo Bonitão, em Rio Bonito, Região Metropolitana do Rio de Janeiro, recebeu pela primeira vez o show, neste último sábado, dia 22 de novembro. A edição que fecha o ano acontece no dia 13 de dezembro, no Rio de Janeiro, com três disputas de cinturão.

wocs39

(Foto: Leonardo Fabri)

O duelo principal da noite começou bastante movimentado com os dois atletas em busca do nocaute, mas Jasse logo prensou o adversário na grade e encaixou um justo triângulo de braço, forçando Caçapa a dar os três tapinhas no início do primeiro assalto, em combate que ocorreu em peso combinado de até 75kg. Ainda no cage, Oton agradeceu o apoio da sua equipe e levantou a possibilidade de descer para a categoria dos leves (até 70kg).

O último show do Wocs no ano já tem data e local confirmados: será no tradicional berço da organização, o Clube Oasis, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, no dia 13 de dezembro. Comemorando a marca de quarenta edições realizadas, o evento contará com três disputas de cinturão nas categorias dos meio-médios (até 77kg), penas (até 66kg) e moscas (até 57kg).

Na co-luta principal da noite do Wocs 39, pela divisão dos penas (até 66kg), Junior Orelha e Vitor de Souza faziam um duelo muito equilibrado, até que no terceiro round, quando Vitor encaixou um belo arm-lock, Orelha acertou uma pisada ilegal na cabeça do oponente e foi desclassificado, coroando o atleta da casa com a vitória. No único duelo da noite que durou os três rounds, o experiente Jamilson Daduzinho venceu Douglas Ribeiro por decisão dividida dos árbitros laterais, conquistando sua oitava vitória na carreira, em duelo pela categoria dos moscas (até 57kg).

Fazendo seu debute no MMA, o peso-pena (até 66kg) Alex Trem Bala estreou em grande estilo e nocauteou Fernando Haddad com apenas oito segundos do primeiro round. Em confronto de dois lutadores com grande envergadura, pela categoria dos leves (até 70kg), Rodrigo Zoi nocauteou Eduardo Dudu com uma sequência incrível de socos, que culminaram na desistência de Dudu ainda no primeiro assalto.

Natural de Rio Bonito, João Paulo Cardozo aproveitou o embalo da torcida, não decepcionou e conquistou seu segundo triunfo na carreira. Cardozo derrotou Matheus Soldado com um belo mata-leão, também no primeiro round, em duelo até 52kg. Na primeira luta da noite, pela categoria dos penas (até 66kg), Braga Neto foi desclassificado ao acertar um golpe ilegal conhecido como ‘pedalada’ no seu oponente Felipe Jones. Assim, o lutador da DTM teve o braço erguido, mais uma vez antes do término do primeiro round.

WOCS 39

Data: Sábado, 22 de novembro de 2014
Local: Complexo Esportivo Bonitão – Rio Bonito, Rio de Janeiro

Resultados oficiais
Oton Jasse (TFT) finalizou Raphael Caçapa (PRVT) com um triângulo de mão aos 1min e 07seg do primeiro round.
Vitor de Souza (PRVT Rio Bonito) venceu Junior Orelha (Relma) por desclassificação (golpe ilegal) aos 3min e 32seg do terceiro round.
Jamilson Daduzinho (TFT) venceu Douglas Ribeiro (BST/Team Baioneta) por decisão dividida dos juízes laterais.
Alex Trem Bala (Max Gideon MMA) venceu Fernando Hadad (NJ JJ) por nocaute técnico aos oito segundos do primeiro round.
Rodrigo Zoi (TFT) venceu Eduardo Dudu (DTM) por nocaute técnico aos 1min e 52seg do primeiro round.
João Paulo Cardoso (PRVT Rio Bonito) finalizou Matheus Soldado (Ric House) com um mata-leão aos 1min e 55seg do primeiro round.
Felipe Jones (DTM) venceu Braga Neto (TFT) após desclassificação (golpe ilegal) aos 4min e 21seg do primeiro round.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

Resultados do M-1 Global 53: Battle of Celestial Empire

Confira os resultados do M-1 Challenge 53, que contou com a disputa de cinturão dos pesados entre o Polonês atual campeão Marcyn Tybura e o estono Denis Smoldarev, um segundo confronto de pesados, entre o veterano competidor dos esportes de combate Sergei Kharitonov contra o americano Kenny Garner, em terceiro confronto da noite e ainda na categoria dos pesados, competidor de grande valor no mundo do MMA Damian Grabowsky se confrontou com o Kickboxer Konstantin Kluhov e também a presença do “Rei do Kung Fu” Muslin Shalikov.

Shalikov (E), Kharitonov (centro) e Garner (D) M-1 Global Oficial Art-Work/ M-1Global.com

Shalikov (E), Kharitonov (centro) e Garner (D) M-1 Global Oficial Art-Work/ M-1Global.com

M-1 Challenge 53 Battle of Celestial Empire

Resultados:
Marcin Tybura derrotou Denis Smoldarev via Submissão (Mata-Leão) Round 1 aos 3′:34”

Tybura finalizando Smoldarev - foto by MyMMAPL

Tybura finalizando Smoldarev – foto by MyMMAPL

Sergei Kharitonov derrotou Kenny Garner via Nocaute Técnico (Parada Medica devido a cortes) Round 3 aos 2′:01”
Damian Grabowsky derrotou Konstatin Kluhov via Submissão (Triangulo de Mãos) Round 3 aos 1′:47”
Muslin Shalikov derrotou Victor Sckoteski via Nocaute (Socos) Round 1 aos 4′:27”
Honggang Yao e Nikita Chystiakov batalharam pelo Empate Majoritário.
Sergey Morozov derrotou Rijirigala Amu via Nocaute Técnico (Joelhadas e Socos) Round 2 aos 4′:40”
Movsar Evloev derrotou Jianwei He via Submissão (Mata-Leão) Round 2 aos 2′.56”

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Douglas Bernardi

Kimbo Slice tem retorno marcado para dezembro no Boxe

Muito conhecido na internet por suas famosas “brigas” no qual se saia vitorioso e de maneira brutal e com passagem por grandes organizações como Ultimate Fighting Championship, EliteXC e uma apresentação também no The Ultimate Fighter, Kimbo Slice tem retorno marcado no Boxe Internacional, evento que é programado para 11 de Dezembro em solo Russo.

kimbo-slice

Foto by MyMMAPL.com

Kimbo vem de 7 vitorias consecutivas no Boxe, sendo 6 KO’s consecutivos para o confronto com o campeão WBA Internacional dos pesos-pesados Alexander Ustinov, que detêm de 29 vitorias, sendo 21 KO’s em 30 aparições, evento é encabeçado por pela disputa de cinturão interino do WBA Internacional, pela categoria dos meio-médios entre Fedor Czudinowem (11-0, 9 KOs) e Ben McCullough (14-0, 11 KOs).

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Douglas Bernardi

Resultados da pesagem do M-1 Global Challenge 53 – Battle of Celestial Empire

Encabeçado pela disputa de cinturão entre o #1 da Polônia e atual campeão do M-1 Global Marcyn Tibura (11-0) contra o prospecto da Estônia Denis Smoldarev (9-0), como Co-Evento da noite, o veterano dos esportes de combate Sergei Kharitonov (21-5) contra Kenny Garner (14-7), em luta de sequencia, competidor de grande valor no mundo do MMA e ex-campeão do M-1 Global Damian Grabowsky (19-2) contra o veterano Kickboxer Konstantin Gluhov (28-14), e por ultimo mas não menos importante, Honggang Yao (10-4) contra Nikita Chistyakov (2-1), destaque também para o “Rei do Kung Fu” Muslin Shalikhov.

Este slideshow necessita de JavaScript.

M-1 Global Challenge 53

Battle of Celestial Empire – China – Beijing – 25 de Novembro

Marcyn Tybura 248 ½ lbs. (112.9 kg) vs Denis Smoldarav 261 ½ lbs. (118.8 kg)- Disputa de Cinturão Mundial dos Pesados.
Sergei Kharitonov 258 ½ lbs. (117.4 kg) vs Kenny Garner 260 lbs. (118.2 kg)

Damian Grabowsky 254 lbs. (115.3 kg) vs Konstatin Gluhov 243 lbs. (110.4 kg)
Muslin Shalikov 169 lbs. (76.8 kg) vs Rafael Miranda 144 ½ lbs. (65.7 kg)
Rijirigala Amu 134 ½ lbs (61.2 kg) vs Sergey Mozorov 134 lbs. 60.9 kg)
Jianwei HE 135 lbs. (61.4 kg) vs Movsar Evloev 135 ½ lbs. (61.6 kg)

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Douglas Bernardi

Após resultado controverso, Dimitry Zebroski tem direito de revisão da luta no ProFC 56

O evento ocorreu no último dia 22, sábado, pela edição de número 56 do evento Russo, ProFC, onde Dimitry que vinha de vitória sobre Yuri Izotov na edição 54 do evento não conseguiu o triunfo ao ser derrotado pelo Russo, Nikolay Aleksakhin por decisão unânime. Dimitry tem 26 anos e é da equipe Team Nogueira Porto Alegre/ Team Pimentel, o atleta gaúcho foi chamado de última hora para repor a saída por lesão de Ali Arish.

10646969_617723381680840_720585969404273594_n

Após o resultado, Dimitry mostrou-se descontente com os critérios da arbitragem. “Fui nitidamente prejudicado. Todos sabem o quanto justo eu sou, porém desta vez fui descaradamente roubado e no mínimo o empate seria mais plausível. Lutei duro e tive  pouco tempo de treino, mas mesmo assim dei o meu máximo e, mesmo desgastado da viagem que durou 28 horas em cinco aviões e tendo apenas sete horas para bater o peso, eu fiz o meu melhor. Lutei três rounds onde eu controlei a luta em pé e no chão usei muito o meu Jiu-Jitsu. Me defendi e fiz a estratégia certa. A direção do evento me deu o direito de revisão da luta, que faremos no Brasil juntamente com meus treinadores e algum arbitro federado”, protestou. (Fonte: Sul MMA)

Dimitry tem agora 5 participações no ProFC onde saiu com a vitória em dois confrontos, Yuri Izotov e Igor Egorov, e 3 reveses, David Khachatryan, Akhmet Aliev e Nikolay Aleksakhin.

Nos resta agora esperar e saber se a revisão da luta influenciará no resultado.

Confira os resultados completos do evento:

Card Principal

Igor Egorov ganhou Georgi Stoyanov por finalização no 2º Round
Nicholas Alexakhin venceu Dimitry Zebroski por decisão unânime no 3º Round
Alexander Shabliy  ganhou El-Sayed haitham por finalização no 1º Round

Michael Kolobegov ganhou Vincent del Guerra , mata-Leão (Triângulo) no 1º Round
Boris Miroshnichenko ganhou Sergey Barberoshe por KO no 1º Round

Card Preliminar

Denis Mutsnek ganhou Paata Robakidze por decisão unânime no 2º Round
Sergey Martynov venceu Murad Kuramagomedova por KO no 1º Round
Dmitry Barynin venceu Maxim Golubnichenko por decisão unânime no 2º Round
Edward Aliyev derrotou Evgeny Bogatyrev por decisão dividida no 2º Round

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Renan Assunção

Crocotá finaliza adversário no Shooto 51 sob olhares de José Aldo e Popó

Pela segunda vez na Bahia, o Shooto Brasil teve, em sua 51ª primeira edição, neste sábado, dia 21 de novembro, no ginásio municipal Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, lutas muito equilibradas e finalizações técnicas. O experiente Edilberto Crocotá finalizou Felipe Avelar com um katagatame aos 3min27seg do segundo round da luta principal, proporcionando a Avelar sua primeira derrota em quatro combates na carreira, enquanto o cartel do baiano recebeu o 26º triunfo em 40 lutas (12 derrotas e 2 empates). No co-evento da noite, o também veterano Jurandir Sardinha precisou dos três assaltos para derrotar Aliston Cordeiro e chegar ao seu 17º resultado positivo em 27 lutas (8 derrotas, 1 empate e 1 No Contest).

(Poster: Divulgação)

(Poster: Divulgação)

Dos nove embates da noite, três terminaram por submissão, um por nocaute técnico e cinco nas papeletas dos juízes laterais. Na plateia, dois dos ídolos do esporte nacional, o campeão do UFC José Aldo e o tetracampeão mundial de boxe Acelino “Popó” Freitas, que ajudaram alguns lutadores no card durante o camp de treinos, assistiram a uma luta principal que certamente deixou a ambos com vontade de calçar as luvas. Edilberto Crocotá tomou o centro do cage e partiu para cima de Felipe Avelar, dominando a distância com seu apurado boxe, mas foi pego de surpresa pelo mineiro, que lhe aplicou um knockdown.

O baiano se recuperou imediatamente, mas foi só no segundo round que atropelou: golpeando em linha, acertou Felipe Avelar com um direto de direita, levando-o a knockdown duas vezes seguidas e buscando uma guilhotina, que acabou não encaixando. O combate, surpreendentemente, passou a pender para Avelar, que voltou a derubar Crocotá, dessa vez com um direto, mas não conseguiu nocautear. O baiano aplicou uma bela queda, e já foi para o chão com um katagatame praticamente armado. Daí foi só ajustar e apertar para o mineiro dar os três tapinhas. O problema foi justamente a demora em soltar o oponente, mesmo com o árbitro Carlão Barreto exigindo que o fizesse. A atitude causou a irritação de Cristiano Titi, líder da equipe de Avelar, e gerou uma dura repreensão da organização ao aniversariante da noite, que completara 32 anos. Crocotá na sequência pediu desculpas a todos pelo ocorrido.

No co-evento principal, Jurandir Sardinha usou de sua experiência para colocar o jovem Aliston Cordeiro no chão inúmeras vezes e dominar a luta para vencer por pontos. O momento de mais emoção foi no terceiro round, quando Cordeiro conseguiu a montada e golpeou por cima, mas acabou sendo raspado pelo atleta local e perdeu pela primeira vez na carreira em quatro lutas. Outro veterano, Bruno Menezes teve grande exibição, dominando inteiramente Diego Duarte “Faísca”, numa luta movimentada. Ele quase conseguiu o nocaute técnico no terceiro round, abrindo um profundo corte no adversário, mas foi na decisão dos juízes que alcançou seu 14º triunfo em 19 lutas, o quinto seguido na carreira. Aos 19 anos, Eric Panterinha mostrou muito potencial e nocauteou Lairton Megaton ainda no primeiro round, em luta válida pela categoria peso-mosca (até 57kg). Foi sua quarta vitória seguida por nocaute ou nocaute técnico.

Shooto Brasil 51

Sábado, dia 21 de novembro de 2014
Ginásio Municipal Lauro de Freitas – Salvador (BA)

Resultados oficiais
Edilberto Crocotá venceu Felipe Avelar por finalização aos 3min37seg do 2º round
Jurandir Sardinha venceu Aliston Cordeiro na decisão unânime dos juízes
Bruno Menezes venceu Diego Faísca na decisão unânime dos juízes
Fillipe Jesus venceu Wanderson Michel na decisão dividida dos juízes
Erick Parrudo venceu Carlão Silva na decisão unânime dos juízes
Eric Panterinha venceu Lairton Megaton por nocaute técnico aos 2min39sseg do 1º round
Thiago Siriguela finalizou Alessandro Gomes com um mata-leão aos 4min08seg do 2º round
Rafael Sobral venceu Gérson Bila Boy na decisão unânime dos juízes
Michel Pânico finalizou Jorge Paulista com uma guilhotina aos 2min10seg do 1º round

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

Confira os resultados da primeira edição do Stone MMA

Foi realizado na final da tarde deste último sábado (22), a primeira edição do STONE MMA e o palco do evento foi o Ginásio de Esportes da Candangolândia na Candangolândia, no Distrito Federal. O evento na quinta feira a noite sofreu uma grande baixa com a saída da luta Diogo Fofão vs Junior Suicida  do seu card, está luta era valida pela a disputa do cinturão até 70kg.

Este slideshow necessita de JavaScript.

No combate principal e disputa de cinturão até 61kg, Randson Pires Rodrigues derrotou Antônio Ronielle Lopes de Lima, na  decisão unânime dos árbitros laterais . No co-main event da noite e também disputa de cinturão até 66kg.Diego Daniel Rodrigues derrotou Danilo Noronha por nocaute técnico aos 1:50 do segundo round.

STONE MMA

Data: Sábado, dia 22 de novembro de 2014

Local: Ginásio de Esportes da Candangolândia, em Candangolândia–DF

Horário: 17h (de Brasília)

Resultados completos
Randson Pires Rodrigues venceu Antônio Ronielle Lopes de Lima, por decisão unânime

Árbitro: Vandeir Silva
Diego Daniel Rodrigues venceu Danilo Noronha por nocaute técnico (socos) aos 1:50 do segundo round
Árbitro: Vandeir Silva
Edgar Santos venceu Carlos Pitbull por nocaute técnico  aos 1: 50 do primeiro round
Árbitro: Arilson Lopo
Geova Sabino venceu Luiz Fernando por finalização (mata leão) aos 3:40 do primeiro round
Árbitro: Arilson Lopo
Renato Rodolfo Feitosa venceu Diego Magalhaes por disclassificação
Árbitro: André Madeira

Solimar Naiva venceu Helvecio Bessa Jr por nocaute técnico (socos) aos 3:15 do terceiro round
Árbitro: André Madeira
Rafael Oliveira Franco venceu Júnior Terere por finalização (estrangulamento) aos 4:40 do segundo round
Árbitro: Vandeir Silva
Ronio Costa Silva venceu Tiago Oliveira Sousa por finalização (mata leão) aos 3: 36 do primeiro round
Árbitro: Arilson Lopo

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

Frankie Edgar vence Swanson por finalização e Barboza dá show contra Bobby Green

Na luta principal do UFC Austin que aconteceu na última noite, Frankie Edgar usou a estratégia e não se deixou levar com as provocações de Swanson. Edgar aplicou várias quedas durante os 5 rounds e venceu Cub Swanson por finalização no quinto round. Ainda no card principal, Matt Wiman voltou bem ao UFC já que não lutava desde janeiro de 2013 e venceu Isaac Vallie-Flagg por decisão unânime. Joseph Benavidez deu um show de trocação usando bem combinações de chutes e socos e venceu o duríssimo Dustin Ortiz por decisão unânime. Após quase ser nocauteado no início da luta, Oleksiy Oliynyk deu a volta por cima e acertou uma pedrada em Jared Rosholt vencendo por nocaute. Já na luta entre pesos moscas, Chico Camus usou bem a movimentação de pernas e venceu Brad Pickett por decisão dividida.

Edgar massacrando Swanson (Foto: JOsh Hedges / Zuffa LLC / UFC / Via Getty IMmages)

Edgar massacrando Swanson (Foto: Josh Hedges / Zuffa LLC / UFC / Via Getty Images)

No co-evento principal da noite Edson Barboza começou bem no primeiro round, não se abalou com as provocações de Green e conectou bons chutes nas pernas, no corpo e boas combinações de boxe. No segundo round Green acertou 2 joelhadas voadoras no frontal de Edson, o brasileiro então se recuperou, acertou uma patada e um chute rodado quase nocauteando Green. Já no terceiro e último round Edson conectou bons golpes e venceu por decisão unânime. Falando agora do card preliminar, Juan Puig sofreu um nocaute relâmpago para o estreante Doo Ho Choi com apenas 18 segundos de luta na primeira luta do evento.

Em seguida também fazendo sua estreia no UFC aos 20 anos de idade, a linda Paige VanZant venceu Kailin Curran por nocaute técnico no terceiro round. Na base do Grappling, Akbarh Arreola se recuperou da derrota para Tiago “Trator” Silva no UFC on Fox 12 em julho e finalizou o experiente Yves Edwards com uma bela chave de braço. Em uma luta morna James Vick venceu Nick Hein por decisão unânime, Roger Narvaez desceu para os médios e venceu Luke Barnatt por decisão dividida após uma luta bastante movimentada. Ruslan Magomedov usou seu ótimo kickboxing para vencer Josh Copeland por decisão unânime, o russo chegou perto de nocautear Copeland e mostrou uma grande variação de chutes. 

UFC Fight Night: Edgar vs Swanson

Resultados / Austin, Texas – 22/11

Card principal
Peso pena: Frankie Edgar venceu Cub Swanson por finalização (Mata Leão) aos 4:57 do quinto round.

Peso leve: Edson Barboza venceu Bobby Green por decisão unânime.
Peso mosca: Chico Camus venceu Brad Pickett por decisão dividida.
Peso pesado: Oleksiy Oliynyk venceu Jred Rosholt por nocaute (Socos) aos 3:21 do primeiro round.
Peso mosca: Joseph Benavidez venceu Dustin Ortiz por decisão unânime.
Peso leve: Matt Wiman venceu Isaac Vallie-Flagg por decisão unânime.

Card preliminar
Peso pesado: Ruslan Magomedov venceu Josh Copeland por decisão unânime.
Peso médio: Roger Narvaez venceu Luke Barnatt por decisão dividida.
Peso leve: James Vick venceu Nick Hein por decisão unânime.
Peso leve: Akbarh Arreola vence Yves Edwards por finalização (Chave de Braço) aos 1:52 do primeiro round.
Peso palha Feminino: Paige VanZant venceu Kailin Curran por nocaute técnico (Socos) aos 2:54 do terceiro round.
Peso pena: Doo Ho Choi venceu Juan Puig por nocaute técnico (Socos) aos 0:18 do primeiro round.

Bônus

Luta da noite: Paige VanZant vs Kailin Curran
Performances da Noite: Frankie Edgar e Oleksiy Oliynyk

Fotos

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

 Escrito por Bruno Fioravanti

De olho em mais uma disputa de o título, Frankie Edgar encara Cub Swanson

Edgar indo pra cima de BJ Penn (Foto: UFC)

Edgar indo pra cima de BJ Penn (Foto: UFC)

Frankie Edgar fez história entre os pesos-leves do UFC. Mas após perder seu cinturão para Ben Henderson, e não conseguir recuperá-lo na revanche, “The Answer” lançou-se a um novo desafio e desceu à concorrida divisão dos penas, há muito dominada por José Aldo. Após perder para o brasileiro, na sua estreia na categoria, Frankie Edgar conseguiu voltar à sua grande forma, e tenta no evento de hoje, uma nova oportunidade de tirar o cinturão do atleta da Nova União.

Conhecido por seu gás, e por seu queixo duríssimo, Frankie Edgar é atleta de longa data do UFC. Lutando pela organização, Frankie já fez 16 lutas (11 vitórias, 4 derrotas e 1 empate). Fez grandes rivalidades, como contra Gray Maynard e BJ Penn, contra os quais lutou 3 vezes, e contra Ben Henderson, contra quem fez 2 lutas muito parelhas. Na divisão dos penas, após perder para José Aldo, Edgar venceu em sequência o também brasileiro Charlie do Bronx e o veterano BJ Penn. Uma vitória diante do nocauteador nato Cub Swanson, no evento principal da noite de hoje, no UFC Fight Night 57, em Austin, Texas, pode de vez consolidar o nome de “The Answer” entre os top contender do peso-pena.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

 Escrito por Gabriel M. Neves

Edson Barboza tenta alçar voos maiores no UFC, em Austin

Ele é conhecido pelo seu muay-thai apurado, e sobretudo por seus chutes, de modo que muitos o tem como o melhor no fundamento no UFC. Edson Barboza pode encontrar na noite de hoje, além de uma boa vitória, um passaporte para o top 10 da categoria.

UFC on FOX: Weigh-in

(Foto: UFC)

Atualmente o 11° colocado na divisão dos leves, Edson Barboza teve no ano de 2013 uma grande sequência. Emplacou 3 vitórias seguidas, sendo duas por nocaute técnico, e teve um combate casado para abril deste ano contra o duro Donald Cerrone. Cercado de grande expectativa, o combate acabou de forma rápida. Barboza começou muito bem, golpeando de forma consistente o “Cowboy”, mas num vacilo recebeu um jab que o levou a knockdown, sendo finalizado por um justo mata-leão. Edson não recebeu bem a derrota, e já em julho estava novamente ao octógono para enfrentar Evan Dunham, que não foi perdoado. Barboza o nocauteou em apenas 3 minutos de primeiro round. Agora, no UFC Fight Night 57. em Austin, Texas, ele encarará o duro, e invicto no Ultimate, Bobby Green, de olho em uma posição entre os 10 melhores lutadores até 155 lbs.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

 Escrito por Gabriel M. Neves

Cub Swanson e Frankie Edgar lutam hoje por uma chance pelo título do UFC

Buscando a chance de disputar o cinturão dos penas contra José Aldo, Cub Swanson (21-5) busca 7°vitória seguida no UFC contra Frankie Edgar (17-4-1) neste sábado 22/11. Essa será a segunda edição do UFC  na cidade de Austin, Texas, a primeira edição foi realizada em 2010 no UFC Fight Night 22, na luta principal Nate Marquardt venceu Rousimar Palhares por nocaute técnico.

Após a derrota na estreia pelo UFC para Ricardo lamas no UFC on Fox 1 em 2011, Cub Swanson vem de uma ascensão meteórica no UFC. São 3 vitórias por nocaute técnico, 1 por nocaute e 2 por decisão, venceu Ross Pearson, Dennis Siver, Dustin Poirier, Jeremy Stephens, Charles “Bronx” Oliveira e George Roop. Aos 31 anos Swanson mostrou uma grande evolução na parte em pé, faturou 2 bônus de nocaute da noite e 2 lutas da noite, a vitória sobre Stephens por decisão foi no UFC Fight Night 44 em junho.

Frankie Edgar também em uma boa fase no UFC, venceu Charles “Bronx” Oliveira e BJ Penn nas suas 2 últimas lutas. Aos 33 anos o ex-campeão dos leves do UFC busca uma nova oportunidade do Title Shot e a revanche contra o campeão do povo José Aldo. Caminhando para a 17° luta no UFC, Edgar e seu ótimo wrestling serão peças chave para vencer Swanson neste sábado no UFN 57.

Outro duelo que promete esquentar o card é entre Edson Barboza (14-2) e Bobby Green (23-5) pela categoria dos leves, aos 28 anos Green vem de 8 vitórias seguidas no UFC/Strikeforce e não perde desde 2011, foram 3 vitórias por finalização, 1 por nocaute técnico e 4 por decisão. Em sua última luta Green venceu Josh Thomson por decisão dividida no UFC on Fox 12 em julho.

Já a fera do Muay Thai, Edson Barboza aposta nos perigosos chutes para vencer Green e voltar ao top 10. Aos 28 anos o carioca de Nova Friburgo, vem de vitória sobre Evan Dunham por nocaute técnico no UFC Fight Night 45 em julho. Barboza disputou 1o lutas no UFC, foram 8 vitórias, 5 por nocaute ou nocaute técnico, 3 decisões, 3 prêmios de luta da noite e 1 nocaute da noite ( Também eleito o nocaute do ano).

O UFC Fight Night 57 será realizado no Frank Erwin Center em Austin, Texas neste sábado com transmissão ao vivo do Canal Combate com início as 22:00, confira o card:

UFC FIGHT NIGHT: SWANSON VS EDGAR

22 de novembro / Austin, Texas

Card Principal
Cub Swanson vs Frankie Edgar
Bobby Green vs Edson Barboza
Brad Pickett vs Chico Camus
Jared Rosholt vs Oleksiy Oliynyk
Joseph Benavidez vs Dustin Ortiz
Matt Wiman vs Isaac Vallie-Flagg

Card Preliminar
Ruslan Magomedov vs Josh Copeland
Luke Barnatt vs Roger Narvaez
James Vick vs Nick Hein
Yves Edwards vs Akbarh Arreola
Kailin Curran vs Paige VanZant
Dooho Choi vs Juan Puig

Fotos: UFC / ZUffa LLC / Via Getty Images

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

 Escrito por Bruno Fioravanti

Cub Swanson e a missão de apagar a humilhante derrota para José Aldo

O americano Cub Swanson enfrenta o seu compatriota Frankie Edgar no evento principal do UFC Fight Night de amanhã e uma vitória pode deixá-lo muito próximo da disputa pelo cinturão dos pesos penas do UFC. O lutador tem um cartel de 21-5 e vem de seis vitórias consecutivas na organização (quatro por nocaute e duas por decisão unânime).

(Frankie Edgar vs Cub Swanson vão se enfrentar pelo UFN 57)

(Frankie Edgar vs Cub Swanson vão se enfrentar pelo UFN 57)

Swanson é especialista em Wrestling e Muay Thai. Faz a preparação para suas lutas com Greg Jackson um dos melhores técnicos de MMA na atualidade e conta com parceiros de treinos como: Jon Jones (atual campeão dos meio pesados e número um no ranking peso por peso do UFC), Carlos Condit (ex-campeão interino dos meio-médios) e Diego Sanchez (vencedor do primeiro TUF nos Estados Unidos).

Caso vença o duelo contra Edgar, Cub Swanson já deixou claro que se considera o desafiante número um da categoria e que desafiará José Aldo em pleno octógono.

Os dois já lutaram antes pelo extinto WEC quando almejavam uma disputa de cinturão do evento. Na ocasião, Aldo liquidou a fatura com apenas oito segundos de luta após aplicar uma joelhada voadora dupla seguida de socos. Essa possível revanche é um sonho de consumo para o americano, mas se quiser ter essa oportunidade terá que passar por Frankie Edgar em uma luta que promete ser muito disputada e sem favoritos.

UFC FIGHT NIGHT: SWANSON VS EDGAR

22 de novembro / Austin, Texas

Card Principal
Cub Swanson vs Frankie Edgar
Bobby Green vs Edson Barboza
Brad Pickett vs Chico Camus
Jared Rosholt vs Oleksiy Oliynyk
Joseph Benavidez vs Dustin Ortiz
Matt Wiman vs Isaac Vallie-Flagg

Card Preliminar
Ruslan Magomedov vs Josh Copeland
Luke Barnatt vs Roger Narvaez
James Vick vs Nick Hein
Yves Edwards vs Akbarh Arreola
Kailin Curran vs Paige VanZant
Dooho Choi vs Juan Puig

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

Momento psicológico será o maior desafio de Bobby Green no sábado?

Com uma incrível sequência de vitórias, o americano Bobby Green já sonha alto dentro da categoria peso leve. Vindo de 8 vitórias consecutivas, sendo 4 delas pelo UFC, o ex campeão do peso leve do KOTC, terá um grande desafio pela frente, o brasileiro Edson Barboza, que também vem de vitória. Porém o maior problema para Green não será Edson, e sim sua vida pessoal, que não anda muito boa.

B2w9Ca9IEAEiGZw

Bobby Green (Foto: UFC / ZUFFA LLC / Via Getty Images)

Green acabou de ter um irmão assassinado, e pouco antes, o outro baleado nos EUA, a cabeça do lutador parece não estar muito focada pra essa luta de sábado. A maior prova disso, foi que em um entrevista, Green afirmou que o título do UFC não é seu objetivo, apesar de ser o atual 7º do ranking. Conhecido pelo seu estilo irreverente de lutar, desestabilizando seu adversário, Green enfrentará um dos melhores strikers da divisão, e que uma vitória o colocaria a caminho do title shot, mesmo o próprio falando que não é seu objetivo, outra notícia que saiu, é que Green pode estar se aposentando após sua luta com Edson Barboza, segundo o próprio lutador em sua conta do Facebook, afirmou essa vontade, mesmo com apenas 28 anos de idade, os problemas pessoais podem ter afetado o americano. Os 2 se enfrentam nesse sábado dia 22 de novembro, pelo Co main-event.

UFC FIGHT NIGHT: SWANSON VS EDGAR

22 de novembro / Austin, Texas

Card Principal
Cub Swanson vs Frankie Edgar
Bobby Green vs Edson Barboza
Brad Pickett vs Chico Camus
Jared Rosholt vs Oleksiy Oliynyk

Joseph Benavidez vs Dustin Ortiz
Matt Wiman vs Isaac Vallie-Flagg

Card Preliminar
Ruslan Magomedov vs Josh Copeland
Luke Barnatt vs Roger Narvaez

James Vick vs Nick Hein
Yves Edwards vs Akbarh Arreola
Kailin Curran vs Paige VanZant
Dooho Choi vs Juan Puig

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

                                                                                        Escrito por Douglas Barcellos

Fight Gym Combat 3 chega a São José do Rio Pardo em dezembro

Dia 20/12/2014 às 19hrs será realizado o Fight Gym Combat 3 na academia SURIAN FIGHT GYM em São José do Rio Pardo, São Paulo . No total serão 9 lutas, 4 amadoras, 4 profissionais sendo 1 pelo cinturão e uma luta de Submission, não fique de fora, vai ser um grande show do inicio ao fim, muita porrada.

loloko

(Foto: Divulgação)

O evento será realizado no bairro Vila Brasil, Rua Gabriel de Andrade Junqueira, nº431, ingressos no valor de R$ 20 reais.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

 Escrito por Renan Assunção